Smartmatic derrota recurso da Fox News de sua ação de difamação em Nova York

O Tribunal também restabelece as acções contra Pirro e Giuliani
Resize
A AA

Estados Unidos, Boca Raton – Fevereiro 14, 2023 – Hoje, um tribunal de recursos de Nova York negou a tentativa da Fox News de extinguir as ações de difamação da Smartmatic contra ela, juntamente às tentativas de Maria Bartiromo, Lou Dobbs e Rudy Giuliani. O tribunal também restabeleceu a ação judicial da Smartmatic contra Jeanine Pirro, juntamente às determinadas ações contra o Sr. Giuliani. Todas as ações originalmente movidas pela Smartmatic contra todos esses réus estão, agora, em andamento.

Ao fazê-lo, o tribunal disse que “a petição inicial meticulosamente elaborada” satisfez aos requisitos legais da lei de Nova York e que “a petição inicial alega de forma detalhada que, em sua cobertura e comentário, a Fox News, Dobbs e Bartiromo efetivamente endossaram e participaram das declarações com flagrante desrespeito ou sérias dúvidas sobre se as afirmações ou implicações de que os autores haviam participado da fraude eleitoral tinham qualquer base na verdade ou foram apoiadas por provas concretas”.

O advogado da Smartmatic, Erik Connolly, da Benesch, Friedlander Coplan & Arnoff LLP, declarou: “Conforme detalhado em nossa petição inicial, a Fox News, seus âncoras e convidados publicaram, tanto conscientemente como falsamente, que a tecnologia e os softwares eleitorais da Smartmatic foram amplamente utilizados na eleição de 2020 para trocar votos, mesmo sabendo que a tecnologia da Smartmatic era usada apenas no Condado de Los Angeles e não havia embasamento para fazer suas ultrajantes alegações. A Smartmatic foi gravemente prejudicada e entrou com um processo para se recuperar desse dano.

“Estamos ansiosos para responsabilizar a Fox News e os outros réus no tribunal. A Smartmatic está satisfeita com a decisão do tribunal de recursos de Nova York, que rejeitou todos os pedidos de extinção apresentados pela Fox News e suas associadas.”

O tribunal de recursos também concedeu autorização à Smartmatic para apresentar novas alegações contra a controladora da Fox News, a Fox Corporation. Mesmo reconhecendo que a petição inicial alegava adequadamente ações de difamação e descrédito pela Fox News, o tribunal de recursos exigiu que a Smartmatic também identificasse os indivíduos específicos da Fox Corporation responsáveis pelas publicações difamatórias. A Smartmatic fará isso.

A Smartmatic apresentará a petição inicial alterada nos próximos dias. “Entendemos a orientação do tribunal de recursos em relação à Fox Corporation”, disse Connolly. “Planejamos apresentar a petição inicial alterada detalhando o envolvimento de Rupert Murdoch e Lachlan Murdoch nos próximos dias.”

A decisão do tribunal de recursos é a vitória mais recente da Smartmatic nas ações judiciais que moveu contra indivíduos e organizações de mídia que difamaram a empresa após a eleição dos EUA em 2020.

“Espero que os réus finalmente estejam percebendo que serão responsabilizados pelas mentiras que intencionalmente espalharam sobre a Smartmatic após a eleição presidencial de 2020”, disse Antonio Mugica, CEO da Smartmatic. “Essa decisão do tribunal de recursos de Nova York é mais um passo importante e não poderíamos estar mais satisfeitos com o resultado. Os réus da Fox nos deixaram sem escolha, a não ser buscar uma ação legal para reparar os danos causados à reputação e aos negócios da Smartmatic.”

A decisão da Suprema Corte do Estado de Nova York, Acórdão, Primeiro Departamento Judicial se encontra aqui.

Contato:

[email protected]