Albânia aumenta o nível de confiança no processo eleitoral utilizando tecnologia

A Comissão Eleitoral Central da Albânia implementou 5.538 dispositivos de verificação de eleitores da Smartmatic (VIU-818) em 3.314 locais.
Resize
A AA

Estados Unidos – Abril 26, 2021 – A Albânia se tornou um modelo para a modernização de eleições na Europa ao implementar uma plataforma de autenticação de eleitores em todo o país durante as eleições Parlamentares de 25 de abril. As autoridades também implementaram um projeto piloto de votação eletrônica em Tirana, capital da Albânia, como parte de seus esforços em aumentar a eficiência e transparência das eleições.

Observadores internacionais da Organização para a Cooperação e a Segurança na Europa e o Conselho da Europa louvaram a implementação de tecnologia. Reinhold Lopatka, Chefe da delegação da OCSE declarou que “A introdução de tecnologia de votação eletrônica representa uma melhoria importante e bem-vinda para a Albânia”

A Comissão Eleitoral Central da Albânia implementou 5.538 dispositivos de verificação de eleitores da Smartmatic (VIU-818) em 3.314 locais. Os dispositivos utilizam identificação biométrica parar validar positivamente a identidade dos eleitores antes de eles votarem.

“Tive o prazer de testemunhar a eficácia de alta escala do sistema de identificação biométrica utilizado em todo o país. Um importante passo que só pode aumentar a confiança no processo eleitoral”, Lopatka acrescentou.

O relatório preliminar emitido pela Missão Internacional de Observação de Eleições da OCSE diz o seguinte: “O sistema de identificação eletrônica de eleitores recém-introduzido foi estabelecido em todos os centros de votação para o dia da eleição. A maioria dos interlocutores da IEOM elogiou o novo sistema e o considerou uma medida para mitigar o risco de votação dupla, votação familiar e falsa identidade de eleitores.”

Em seu esforço para aumentar a transparência e eficiência das eleições, a Comissão Eleitoral Central da Albânia também implementou 64 máquinas de votação A4-517 da Smartmatic na capital Tirana. Os eleitores fizeram suas escolhas utilizando máquinas de votação de tecnologia avançada com tela sensível ao toque que, provavelmente, se tornarão o futuro do processo de votação naquele país.

A Smartmatic também forneceu serviços de armazenamento, serviços de configuração de equipamentos, suporte técnico local, configuração de data centers, suporte e serviços de campo, além de oferecer um Centro Nacional de Suporte (Balcão de Atendimento). Também recrutou e treinou 460 técnicos albaneses de suporte de campo, que ofereceram suporte a colaboradores da mesa de voto e 32 colaboradores da mesa de voto que operaram as máquinas de votação eletrônica para o projeto piloto.

Ao comentar sobre o sucesso da eleição, o CEO da Smartmatic, Antonio Mugica, disse, “A implementação de um sistema de autenticação de eleitores em todo o país significou uma melhoria extraordinária. Trabalhar em conjunto com as autoridades nos permitiu garantir que a Albânia tivesse um sistema seguro que conferiu acessibilidade e eficiência ao processo geral de votação.”