A tecnologia melhora a integridade, acelera os relatórios de resultados nas eleições gerais do Quênia

A sólida pista de auditoria forneceu às instituições as provas para corroborar a exatidão e a legitimidade dos resultados
Resize
A AA

Estados Unidos, Boca Raton – Setembro 6, 2022 – A Comissão Independente de Eleições e Fronteiras (IEBC) do Quênia implantou uma tecnologia eleitoral robusta para as eleições gerais do país em 2022. O sistema simplificou a verificação dos eleitores e acelerou a publicação dos relatórios de contagem, ajudando as autoridades a realizar uma das eleições mais transparentes do Quênia.

Uma Missão Internacional de Observação Eleitoral liderada pelo Instituto Republicano Internacional e pelo Instituto Nacional Democrático comentou sobre a publicação de relatórios de contagem apoiada pela Smartmatic. Em sua avaliação, observam: “… a IEBC transmitiu e publicou em seu portal da Web imagens digitalizadas dos resultados do nível da mesa de votação e dos resultados do distrito eleitoral para as eleições presidenciais. Isso aumentou muito a transparência e responsabilização do processo de tabulação e foi uma melhoria notável em relação às eleições anteriores”.

A parceira tecnológica Smartmatic forneceu à IEBC 14.110 unidades de identificação de eleitores para complementar o inventário da comissão. Ao todo, 46.229 kits foram implantados em todas as mesas de votação e mais seis kits de contingência por ala. Todos os kits foram configurados com o software da Smartmatic a fim de ajudar os trabalhadores da mesa de votação a realizar a identificação biométrica do eleitor.

Os kits de tecnologia implantados também foram usados para gerenciar a mesa de votação, relatar periodicamente a participação e para a transmissão de imagens dos relatórios de contagem. Contando com uma rede de telecomunicações de provedores locais, a IEBC foi capaz de publicar todos os relatórios de contagem para a corrida presidencial em um site público. Essas informações foram disponibilizadas a todos os interessados para fins de auditoria.

A Smartmatic facilitou uma implantação da tecnologia sem maiores obstáculos, fornecendo uma série de serviços pré-eleitorais a fim de garantir o bom funcionamento da plataforma tecnológica e outros suportes fundamentais. Isso incluiu a eliminação de dados duplicados do banco de dados do eleitor e a configuração de dispositivos para implantação.

Comentando sobre a implantação bem-sucedida da tecnologia eleitoral, o chefe da Missão de Observadores da Comunidade da África Oriental no Quênia, Jakaya Kikwete, disse: “A missão elogiou a IEBC pelo uso bem-sucedido da tecnologia no registro e na identificação de eleitores e na transmissão de resultados.” Ele também elogiou a IEBC pelo nível de transparência.

Após a eleição, nove petições foram apresentadas à Suprema Corte do Quênia. Ao considerar todas as alegações e analisar todas as provas, o tribunal constatou que a tecnologia implantada atendia às normas constitucionais sobre integridade eleitoral, verificabilidade, segurança e transparência para garantir resultados precisos e verificáveis. A robusta trilha de auditoria produzida pela tecnologia da Smartmatic forneceu às instituições provas para corroborar a precisão e a legitimidade dos resultados.