Search

Smartmatic

Smartmatic muda sede mundial para Londres

Londres, 6 de março de 2012.- A Smartmatic, líder mundial de mercado em soluções tecnológicas para governos, anunciou hoje a mudança de sua sede internacional para Londres, Reino Unido.

A mudança representa um grande passo para a empresa de tecnologia, que vem crescendo rapidamente, conforme se empenha em capitalizar as oportunidades oferecidas por uma demanda mundial por governos mais transparentes e mais eficientes.

Fundada em 2000, a empresa multinacional é líder mundial de mercado em projeto e implementação de soluções tecnológicas complexas e específicas para propósitos destinados a aumentar a transparência e a eficiência de governos.

Depois de receber reconhecimento internacional como a maior e mais bem-sucedida empresa de tecnologia no mundo para votação em eleições, a Smartmatic também conseguiu avanços significativos em outras áreas empresariais, nos campos de Cidades Inteligentes (Smart Cities) e Sistemas de Administração de Identidade (Identity Management Systems).

"Acreditamos que a mudança de nossa sede corporativa para Londres vai ajudar nossa estratégia global e aumentar nossas oportunidades de crescimento nos próximos anos", disse o CEO da Smartmatic, Sr. Antonio Mugica.

Em um época de crescentes desafios financeiros para os governos e com a demanda por democratização e emancipação dos cidadãos crescendo em todo o mundo, a empresa buscou uma localização que pudesse servir melhor como um centro de distribuição de suas operações mundiais.

"O entusiasmo global persistente sobre nossa tecnologia nos levou a procurar por uma sede que permitisse à Smartmatic tirar vantagem total dos mercados internacionais em que opera. Londres é um centro empresarial que funciona 24 horas por dia, com uma excelente infraestrutura de serviços profissionais e de comunicações, que vai aumentar muito nossas oportunidades para consolidar a Smartmatic como uma verdadeira líder mundial no desenvolvimento de soluções tecnológicas, que colocam os governos mais próximos das necessidades reais dos cidadãos", disse o CEO Antonio Mugica.