Search

Smartmatic

México está pronto para listo para começar a utilizar o voto eletrônico

México, DF, 23 de novembro de 2011.-  Por ocasião da Expo Campanhas Eleitorais, que acontece de 23 até 25 de novembro de 2011, diretivos da multinacional de tecnologia Smartmatic disseram que o México é um país que está pronto para utilizar sistemas de votação eletrônica para seus comícios de 2012.

"Estamos certos de que o México está pronto para utilizar sistemas informatizados de votação eletrônica; no entanto, é preciso que as autoridades eleitorais, partidos políticos, acadêmicos e sociedade civil, analisem, testem e autorizem os melhores mecanismos para o país", declarou Luis Vecchi, Presidente da Smartmatic México.

Acrescentou que "esta tecnologia oferece a possibilidade de alteração dos votos, que não sejam eliminados votos válidos ou somados aqueles que sejam inválidos; verifica e audita os resultados por múltiplas vias, a fim de garantir que não existam inconsistências numéricas. Além do mais, os votos são armazenados de forma aleatória, protegendo o segredo do voto".

Os benefícios mais importantes do fato de aplicar sistemas de votação eletrônica no  México durante os futuros comícios poderiam ser:

  • Total transparência e exatidão;
  • Rapidez e eficiência das tarefas eleitorais;
  • Maior capacidade para identificar e prevenir situações de fraude;
  • Fomenta a confiança pública e o segredo do voto, e
  • Determina a igualdade para todos os eleitores.


Tudo isso sem falar em redução de custos e a economia ecológica em materiais físicos como impressão de cédulas, fabricação de urnas, entre outros.
 
Neste contexto, e tendo como sede a Expo Campanhas Eleitorais, a Smartmatic, único fornecedor de sistemas automatizados de votação participando do evento, realiza demonstrações do funcionamento de suas urnas de votação de última geração e os serviços eleitorais que oferece à multinacional, perante os principais atores do país.

"O nosso objetivo é, além de demonstrar a eficiência, rapidez e transparência deste tipo de máquinas, criar consciência sobre os benefícios de ter um sistema de votação  automatizado nas democracias modernas; bem como exibir o ao público sua fácil utilização", concluiu Luis Vecchi.