Search

Smartmatic

Cidadãos filipinos aprovam seu sistema eleitoral

Manila, Filipinas - Agosto 17, 2016 - Dados de um levantamento divulgado pela Pulse Asia, um órgão de sondagem de opinião pública das Filipinas, destaca a impressão positiva que possui a maior parte dos eleitores do país sobre as eleições locais e nacionais realizadas em 2016.

Em sua imensa maioria, os filipinos deram uma opinião positiva sobre o processo eleitoral:

  • 92% dos pesquisados consideraram rápida a divulgação dos resultados.
  • 89% acreditam que os resultados são confiáveis.
  • 89% querem que as votações sejam automatizadas em futuras eleições.
  • 93% consideraram fácil o ato de votar.

Em comparação com eleições anteriores, 63% dos pesquisados consideram que o pleito mais recente teve mais credibilidade, e 78% mencionaram que a divulgação dos resultados eleitorais foi mais rápida do que nas eleições realizadas em maio de 2010.

“Temos o imenso orgulho de ter fornecido a tecnologia empregada nesse histórico processo eleitoral. Os resultados dessa recente pesquisa são uma prova do papel desempenhado pela tecnologia no crescimento da confiança e comparecimento dos eleitores”, declarou Elie Moreno, gerente geral da Smartmatic Filipinas.

A votação de 2016 teve a mais rápida declaração de resultados da história do país. 84% dos números eleitorais foram transmitidos poucas horas depois de encerrada a votação, possibilitando que os cidadãos soubessem em tempo recorde – no próprio dia ou no dia seguinte à eleição – quem era seu novo presidente, vice-presidente e representantes políticos locais.

Além disso, a taxa de comparecimento dos eleitores no pleito de maio de 2016 foi de 81%, a mais alta desde 1986.

“Essas eleições viram a maior implementação de urnas eletrônicas da história mundial. Isso permitiu que até mesmo os eleitores que vivem nas regiões mais remotas do país soubessem que seus votos seriam contados com precisão e rapidez”, acrescentou Moreno.

A Pulse Asia conduziu a pesquisa entre 2 e 8 de julho de 2016, realizando entrevistas presenciais com 1.200 adultos representativos com idade igual ou superior a 18 anos. A sondagem possui uma margem de erro de ±3 pontos percentuais a um nível de confiança de 95%.