Search

Smartmatic

Bélgica apresenta novo sistema de votação automatizada pela Smartmatic em contrato de 15 anos

Bruxelas, 30 de Janeiro de 2012.- A FPS Interior da Bélgica escolheu a Smartmatic como provedora de tecnologia para fornecer – durante quinze anos – seu inovador sistema de eleição automatizada, começando com as eleições locais que ocorrerão em outubro de 2012.

O avançado sistema de votação criado pela Smartmatic e personalizado especificamente para dar suporte às normas belgas e europeias, envolve o uso de uma máquina de votação eletrônica baseada em toque, com tela de alta resolução de 17 polegadas.

"Estamos entusiasmados por termos sido escolhidos como fornecedores de serviços e tecnologia para as eleições na Bélgica, uma nação pioneira no uso de votação eletrônica. Juntamente com as autoridades belgas, temos trabalhado muito para desenvolver e oferecer um sistema de votação eletrônica de última geração, novo e melhor, que esteja em completa conformidade com todos os requisitos, garantindo eleições mais seguras, confiáveis e auditáveis. Nos sentimos honrados em termos sido contemplados com esta responsabilidade", declarou Antonio Mugica, diretor executivo da Smartmatic.

Escolher a Smartmatic como fornecedora foi resultado de um meticuloso processo de avaliação (incluindo certificação da PricewaterhouseCoopers) que durou mais de 3 anos, e cujo marco principal foi um teste de campo público organizado em 27 de outubro de 2011. O teste foi executado em cooperação com o Governo Federal da Bélgica, a Região de Flanders e a Região da Capital, Bruxelas, e permitiu que as autoridades avaliassem o sistema em condições de tempo real e recebessem resposta direta dos votantes e do pessoal que trabalhou na votação. De acordo com várias pesquisas executadas durante o evento, a grande maioria dos participantes manifestou uma percepção altamente positiva do sistema em termos de simplicidade e facilidade de uso.

A Smartmatic implementou com sucesso sua tecnologia de votação eletrônica versátil em vários processos eleitorais nas Filipinas, Estados Unidos, América Latina e no Caribe, registrando e contando de forma precisa mais de um bilhão e quinhentos milhões de votos auditados. Sua avançada tecnologia tem sido amplamente reconhecida pelos mais importantes monitores e especialistas em eleição internacional.