Search

Smartmatic

Auditoria manual aleatória lança 99,6% de exatidão nas eleições automatizadas das Filipinas

Manila, 31 de julho de 2010.- A Smartmatic elogiou os resultados do processo de auditoria manual aleatória (RMA segundo suas siglas em inglês), o qual evidenciou que as primeiras eleições automatizadas nacionais e locais das Filipinas tiveram 99,6% de exatidão.

O Presidente da Smartmatic para Ásia e o Pacífico, César Flores disse que os resultados da auditoria foram 'a confirmação mais enfática daquilo que tínhamos prometido ao povo filipino ' que as eleições automatizadas de 10 de maio seriam as mais exatas, fidedignas e transparentes que jamais tiveram'.

A auditoria apurou um total de 540.942 votos de 1.145 selos selecionados ao acaso em todo o país.  Baseado em um decreto do poder eleitoral desse país, a Comelec, a auditoria fez com que houvesse uma discrepância máxima de 1% ou até de 5.409 votos.

No entanto, os resultados da auditoria evidenciaram que a diferença real foi insignificante em nível estatístico, com apenas 0,4% de votos que contrastavam com os resultados da apuração automatizada.

'Não somente a varianza é muito menor daquela admitida, na maioria dos casos as diferencias ocorreram por erros humanos, administrativos, de codificação ou de apreciação das marcas na cédula', disse Flores.

Igualmente, ele falou que o relatório sublinhou sobre os perigos e dificuldades de uma apuração manual paralela.  Citando o relatório, o representante da Smartmatic expôs que 'a apuração manual sempre vai ficar ligada a discrição do auditor ao tentar interpretar e/ou apreciar a intenção de um votante. A máquina apenas vai fazer a apuração na forma em que está efetivamente programada'.

O Grupo de Trabalho Técnico que realizou a auditoria esteve conformado pela Embaixadora Henrietta de Villa, Presidente do  Conselho Pastoral Paroquial para o Voto Responsável (PPCRV) e membro do Conselho Assessor da Comelec, Agnes Carreon, Representante do Escritório Interno de Auditoria da Comelec, e Cermelicta Ericta, Administradora Geral do Escritório Nacional de Estatísticas (NSO).

O relatório de Auditoria Manual Aleatória foi conhecido após o estudo publicado pelo Social Weather Stations (SWS) que mostrou que 75% dos votantes filipinos ficaram 'muito satisfeitos' com a 'condução, velocidade e credibilidade do processo eleitoral automatizado de 10 de maio.

'Acredito que o povo, em geral, apóia a automatização. Não há retorno para o processo manual', disse o Presidente da Comelec José Melo em resposta aos excelentes resultados obtidos pela auditoria e pelo estudo de SWS.

A Smartmatic foi o aliado tecnológico da Comelec nas eleições automatizadas de 10 de maio de 2010 nas Filipinas.