Search

Smartmatic

A tecnologia Smartmatic ao serviço da segurança cidadã

Caracas, 14 de novembro de 2007.- A Prefeitura Metropolitana de Caracas na Venezuela vai se apoiar na tecnologia mais avançada para melhorar o atendimento e resposta das urgências e lutar contra a delinqüência na capital, mediante uma Plataforma de segurança Unificada. Esse sistema, delineado, desenvolvido e fornecido pela Smartmatic, entrou em andamento no presente mês de novembro.

Essa plataforma de segurança unificada integra múltiplos canais de comunicações e sistemas informáticos de apoio e gestão. Estas redes chegam até um Centro de Comando e Controle, no qual serão recebidos, além das chamadas de emergência, as imagens das zonas da cidade monitoradas e ativar'se'ão os mecanismos para os vários corpos de segurança agir de modo unificado. Desse modo, favorece?se a operação coordenada e rápida, mediante sistemas integrados de última tecnologia, que centralizam e favorecem a comunicação entre os diversos entes envolvidos (polícia, bombeiros, hospitais).

O primeiro estágio do projeto prevê a instalação de cerca de 216 câmeras em prédios altos das zonas críticas determinadas anteriormente pela Prefeitura. Depois, tem?se pensado abranger zonas ou jurisdições de todos os municípios da capital. Com estas câmeras e sensores fica automatizada a detecção de eventos e calamidades naturais e pode?se controlar a entrega automática de unidades e pessoal.

“A solução criada pela Smartmatic para a integração de diversas aplicações de segurança garante aos diversos órgãos uma melhor capacidade de reação perante qualquer problema e oferece a maior informação disponível para a tomada de decisões. Os cidadãos serão os maiores beneficiados, já que poderão ter um dos sistemas unificados mais avançados do mundo”, disse Samira Saba, gerente de comunicações da Smartmatic.

O trabalho dos órgãos de segurança unifica'se no centro de comando e controle, no qual 44 operadores por turno processarão as chamadas realizadas pelos cidadãos desde telefonia fixa ou celular mediante o número de atendimento de urgências 171, o equivalente nacional do número 911 de emergências nos estados Unidos. Este serviço, além de ser grátis, funciona o ano inteiro: 365 dias e 24 horas por dia. Daí as chamadas são enviadas ao órgão competente, como a Polícia Metropolitana, Bombeiros, Defesa Civil ou o sistema médico hospitalar da cidade.

O Centro também vai receber informação dos sistemas de posicionamento global (GPS) e das câmeras de vídeo que serão colocadas em todas as unidades de cada órgão de segurança, com isso, poderão verificar se cumprem com os planos operativos e fornecerá imagens ao vivo de cada ação. Nesse centro também será recolhida a informação detectada pelos sensores colocados nas valas mais importantes de Caracas, para alertar rapidamente no caso de se apresentar qualquer risco de transbordamento dos leitos.

Esse avançado sistema inclui a adjudicação e envio das emergências para os hospitais, clínicas e centros de assistência que ofereçam o tratamento precisado, visando agir rápida e eficientemente. Também se prevê, em estágios posteriores, um serviço de atendimento médico de primeiro nível, que consiste na gestão de emergências de saúde com primeiros auxílios via telefone.

A Smartmatic, companhia integradora do novo sistema de segurança, oferece uma solução chave em mão onde a Prefeitura metropolitana vai controlar o processo de aplicação e depois vai coordenar a operação com total transferência de conhecimento. A Smartmatic tem uma experiência abrangente, relevante e comprovada na gestão e execução de projetos de grande porte na Venezuela, no Caribe e nos Estados Unidos.