Search

Smartmatic

A Smartmatic participou da 22ª ACEEEO anual

Varsóvia, 23 de setembro de 2013.- A Smartmatic apresentou o impacto social que a adoção da votação eletrônica causou na Venezuela, durante a 22ª conferência anual da Associação de Funcionários Eleitorais da Europa (Association of European Election Officials, ACEEEO).

O evento, realizado em Varsóvia, Polônia, entre 12 e 14 de setembro de 2013, foi organizado pela Comissão Nacional de Eleições e pelo Escritório Nacional Eleitoral da Polônia. A importância de tecnologias de informações e comunicação nos processos eleitorais, como também o papel que as redes sociais exercem na sua execução, foram os principais tópicos de discussão.

Andrea De Vizio, gerente de produto da unidade de negócios Smartmatic Elections na Europa, Oriente Médio e África, fez uma apresentação em que destacou o uso do Sistema de Operações Eleitorais (Electoral Operations System, EOS). Esta aplicação é a nossa solução para logísticas de eleição e processos operacionais em tempo real, do planejamento de recursos, envio de materiais eleitorais e relatórios de incidentes à assistência técnica ou apoio de procedimento. O EOS tem sido uma peça fundamental em nossos lançamentos de sucesso em todas as eleições da Venezuela desde 2008.


Além disso, De Vizio observou como as redes sociais são usadas na Venezuela (especificamente pela Smartmatic) para distribuir informações reforçando os benefícios da votação automatizada.

A reunião principal começou com um discurso do presidente da Comissão Nacional de Eleições da Polônia, Stefan Jan Jaworski, que falou sobre o desenvolvimento das eleições eletrônicas desde 2000 e a influência que novas tecnologias exerceram no campo.

Experiências como a do México foram apresentadas ao público: o impacto que as novas tecnologias tiveram no país, como também os desafios que surgem com elas. O presidente do Instituto Eleitoral Federal, Leonardo Valdés, falou sobre as práticas do instituto e como eles abordam suas tarefas.

Nas mesas redondas houve discussões sobre o desenvolvimento de TI relacionada a eleições, e sobre mídia social como um fator de apoio para as atividades de informações de comissões de eleição; outro tópico foi a resposta apropriada ao uso destas novas ferramentas de comunicação em campanhas eleitorais.

A rápida ascendência da mídia social, mensagens instantâneas (Skype, MSN Messenger) e redes sociais (Facebook, Twitter, Bebo, etc.) são novos desafios que os candidatos devem enfrentar. Conforme determinado na Polônia, a resposta apropriada colocada em prática pelas empresas na indústria é espalhar informações positivas entre elas. O EOS provou ser fundamental para divulgar informações relevantes para a mídia local durante as últimas eleições realizadas nas Filipinas.