Search

Smartmatic

Referendo revocatório Venezuela 2004

O dia 15 de agosto de 2004 será um marco na história da Venezuela, um dia que irá mudar o rumo do país e captaria a atenção do mundo. 

Durante a manhã do referendo revocatório presidencial, os cidadãos da Venezuela tiveram a oportunidade de decidir se efetivamente queriam que o Presidente Hugo Chávez continuasse a sua presidência ou não.  

Nessa eleição, que foi supervisionada pelo Centro Carter e a Organização dos Estados Americanos, a opção de revogar o mandado presidencial foi batida. 

A Smartmatic foi um de vários provedores de tecnologia eleitoral que participaram na licitação, realizada pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela para atualizar o sistema de votação informatizado.

Depois de avaliar todas as propostas, o CNE selecionou o Consórcio SBC, que, na sua opinião oferecia uma plataforma tecnológica segura, auditável e fácil de atualizar. Oferecia também o melhor valor, logística e qualidade operacional. 

O Consórcio SBC estava conformado pela Smartmatic, que forneceu a tecnologia eleitoral, a Bitza Software, responsável da canalização dos processos de auditoria, e a CANTV, encarregada da infraestrutura de telecomunicações e a logística de distribuição e instalação de equipamentos e pessoal técnico.