Search

Smartmatic

Eleições regionais Venezuela 2012: Tecnologia

A Venezuela foi o primeiro país do mundo a informatizar totalmente uma eleição nacional. Para conseguir isso usamos uma variedade de ferramentas, incluindo hardware e software de votação, e hardware pare o registro biométrico de votantes.

Hardware

Urnas de votação (série SAES-4000)

Urnas de votação de última geração com telas sensíveis ao toque, extensões para cédulas eletrônicas (para mostrar o grande número de candidatos) e compatível com o dispositivo de autenticação biométrica.
100% auditável. O elemento de desenho chave aqui é uma impressora integrada que emite comprovantes de votação, atas de votação e registros da sessão de votação. 
Os votos são cifrados com algoritmos simétricos de 256 bits. Também são gravados várias vezes empregando armazenamento redundante.
Um botão de “desbloqueio” para ativar a sessão de votação
Transmissão de data segura e unidirecional através de uma variedade de redes possíveis (LAN, linhas telefónicas, CDMA e satélites)
Módulo de acessibilidade para votantes com problemas de visão
Sistema externo de respaldo de energia que funciona durante 8 horas
Malas resistentes e ligeiras, feitas de um material ultra duradouro e resistentes à água

Saiba mais sobre a série 4000

Ativação biométrica da sessão de votação

Cada urna de votação tem um dispositivo de autenticação biométrica usado para ativar as sessões de votação. Cada votante deve ser autenticado através de sua impressão digital para “desbloqueio” da urna. 
Características
Tela colorida para mostrar instruções e informação do votante, incluindo sua fotografia
Leitor de impressões digitais integrado para capturar a informação biométrica do votante
Área de suporte para colocar o documento de identidade do votante 
Teclado numérico com sensibilidade ao toque e auditiva 
Lâmpada LED para indicar o estado dos processos 
Buzzer para indicar o início e fim dos processos 

Saiba mais sobre o VIU-100

Cédula eletrônica VP-1500

O votante pode pressionar o logotipo do partido, o nome do candidato ou sua fotografia: áreas inteiras, não pequenos óvalos. 
Grande e espaçoso tamanho da cédula e suas membranas internas
Indicadores LED para una confirmação visual da seleção/as seleções do votante 

Saiba mais sobre a VP-1500

Software

Sistema de Gestão Eleitoral (EMS)

Este software permitiu definir e configurar a eleição usando a data fornecida pelo CNE no que tange os cargos a serem eleitos, candidatos e partidos políticos. Gerou os arquivos de configuração para cada urna de votação instalada. Contribuindo também com a geração de relatórios e documentos legais com os resultados da avaliação do desempenho do sistema.  

Saiba mais sobre EMS

Sistema de Informação Eleitoral em Tempo Real (REIS)

Proveu resultados parciais e boletins eleitorais finais. O REIS suporta todas as categorias de fórmulas eleitorais, desde as mais simples (por exemplo, referendos) até os métodos mais complexos de suma de votos, para proporcionar resultados finais, incluindo vencedores únicos ou múltiplos, decisões baseadas na regra da maioria e em métodos de representação proporcional. 

Saiba mais sobre REIS

Sistema Eleição 360 (Eleição-360)

Software que monitorou e administrou os técnicos e operadores, cujo trabalho foi a distribuição das urnas de votação. Também suportou um controle em tempo real da abertura, encerramento, transmissão e auditoria de 36.220 urnas de votação, e dos imprevistos de suporte técnico durante o dia das eleições.  

Saiba mais sobre E-360