Search

Smartmatic

Eleições regionais Venezuela 2004

Voto electrónico 2004 Smartmatic

As eleições de 31 de outubro foram um importante desafio tanto para a Venezuela quanto para a Smartmatic, provedor da tecnologia de votação informatizada.

Este foi um dos eventos mais complexos na história democrática do país. Em apenas um dia, foram eleitos 609 representantes dentre 7.753 candidatos: 337 prefeitos municipais, 23 governadores de estado, 229 deputados dos conselhos legislativos estaduais, 13 vereadores da prefeitura metropolitana de Caracas e 7 membros do Conselho distrital.

Dentro de um clima político exaltado (o referendo revocatório tinha acontecido apenas dois meses antes), a plataforma tecnológica foi submetida a uma rigorosa auditoria e a processos de avaliação antes e depois das eleições. 

A eleição incluiu 23.595 urnas de votação distribuídas em 5.340 centros informatizados no país, junto com 54.000 cédulas eletrônicas, além de todos os equipamentos, recursos humanos, e os processos de apuração, transmissão e totalização necessários para uma eleição. 

A tecnologia de votação da Smartmatic facilitou a apuração e a votação

Durante as eleições regionais, a tecnologia de votação da Smartmatic provou ter dois pontos fortes. Primeiro, não obstante a complexidade eleições, foi capaz de totalizar os resultados de forma rápida, segura e confiável. Segundo, foi capaz de lidar com as mudanças políticas que aconteceram poucos dias antes da eleição.  

Alguns dos cargos (deputados dos conselhos legislativos, vereadores da prefeitura metropolitana e distrital), foram eleitos mediante um sistema chamado de representação proporcional personalizada (que envolve um método de cociente muito complexo). Neste caso, a adjudicação dos vencedores dos cargos é significativamente mais complicada. Por isso, informatizar o processo de apuração foi sem dúvida nenhuma uma vantagem tanto para o poder eleitoral quanto para os cidadãos, que conseguiram eleger seus candidatos de uma forma mais simples.