Search

Smartmatic

Eleições municipais no Brasil, 2012: Voto eletrônico no Brasil

O suporte que prestamos foi de vital importância e se traduz em serviços de capacitação e manutenção de equipamentos para as eleições no Brasil. Nesse momento, a nação era uma das pioneiras no âmbito global em realizar eleições informatizadas. Conheça mais detalhes neste site.  

Pioneiros em votação eletrônica

O Brasil foi um dos pioneiros em empregar o voto eletrônico. Como a maioria dos países, foi implementando gradualmente diferentes soluções tecnológicas em diversas fases do ciclo eleitoral.

No Brasil, a regulamentação, administração e julgamento dos processos eleitorais é manejado por uma instituição só, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) permitindo a viabilização e simplificação da modernização tecnológica.

Fatos destacados na adoção de tecnologia eleitoral no Brasil

1982 – Automatização da totalização de resultados
1985 – Automatização do cadastro eleitoral
1995 – Lei sancionada pelo Congresso autorizando o uso de urnas de votação
1996 – 1/3 da população exerceu seu voto utilizando urnas de votação
1998 – 2/3 dos eleitores votou utilizando urnas de votação
2000 – Toda a população eleitoral utilizou urnas de votação nas eleições
2008 – Verificação biométrica de eleitores nas eleições municipais
2016 – Verificação biométrica no país todo

O processo de votação no Brasil consta de quatro passos independentes:

  • Identificação do eleitor
  • Emissão do voto
  • Totalização de votos (cada urna eleitoral)
  • Totalização de votos

Em todos os passos é utilizada algum tipo de tecnologia. As eleições celebradas em outubro de 2012 abrangeram mais de 140 milhões de eleitores cadastrados.