Search

Smartmatic

Eleições gerais Filipinas 2010: Alcance

  • 82.200 urnas SAES-1800 distribuídas. Cada uma oi munida com uma bateria para garantir seu funcionamento durante 16 horas em caso de blackout.
  • 1.722 servidores de apuração e consolidação, e impressoras com geradores de energia incluídos.
  • 338.750 rolos de papel para imprimir 30 cópias dos resultados eleitorais por selagem de votação.
  • 180.640 cartões tipo pendrive para a armazenagem segura dos dados eleitorais.
  • Uma instalação de 23.000m2 para a armazenagem central e a configuração dos equipamentos.
  • Mais de 36.000 escolas funcionaram como centros de votação, avaliados com equipamentos de última geração para determinar os sinais de rede, a disponibilidade de energia e outros fatores logísticos. 
  • Mais de 48.000 técnicos da Smartmatic recrutados e treinados para serem colocados no campo antes de e durante as eleições. 
  • 690 agentes telefónicos operaram em um centro nacional de suporte durante a jornada das eleições, a fim de monitorar totalmente o processo e também dar o suporte remoto aos técnicos no campo. 
  • 904 funcionários online de teste e configuração, que trabalharam dois turnos
  • 28 peritos multinacionais na equipe de gestão de projeto, que trabalharam junto a 327 funcionários filipinos altamente qualificados. 
  • 4 impressoras digitais de alta velocidade entregues tanto a COMELEC quanto a NPO para impressão de cédulas. 
  • Design e impressão de 50 milhões de cédulas com 17 mil diferentes modelos.
  • 9.380 litros de tinta foram usados durante o processo de votação.
  • Mais de 10 milhões de cédulas com marcas de segurança visíveis com luz ultravioleta e códigos de barra únicos. 
  • 65% dos centros de votação tiveram cobertura de rede pública de telefonia móvel constante e segura.
  • 5.500 antenas de satélite portáteis (BGAN) e 680 VSAT foram distribuídas em nível nacional para transmitir os resultados dos centros de votação e apuração. 
  • 48.000 modems e 46.000 cartões SIM foram asseguradas para a transmissão direta dos resultados eleitorais.
  • Dois centros de data criados para suportar resultados nacionais com capacidade de redundância.
  • Os resultados foram consolidados em um período menor a 48 horas logo depois do encerramento das eleições.
  • COMELEC teve um excedente de 5.853 urnas para lidar com contingencias.